Claudia Schiavone

...Essaúna, Cigana, Cleópatra... Muitas vidas... Infinitas palavras!

Textos


Desejo à todas as mães, biológicas ou por puro amor, novas, ou experientes, presentes ou distantes, neste Plano ou no Outro, à todas sem exceção, um domingo pleno, cheio de Luz e Bençãos, com paz, alento e carinhos!
Em especial à minha, dedico este poema:
MÃE
Falar de você Mãe é falar de amor.
De pura doação, colo, afago, calor,
Dedicação total, cuidado, dispor.
É carinho sem medida, é torpor,
É infinidade de gestos, é esplendor.
É como uma tela repleta de toda cor,
Que traz paz, alento é regenerador.
É como cheiro de comida, gosto, sabor,
Que sacia, alimenta, nutre, é redentor.
Falar de você Mãe é música, é compor
Com notas divinas, suaves, é clamor.
É poesia cheia de rimas, é inspirador,
É sabedoria, crescimento, é fervor.
E falar da saudade alivia, é consolador,
É pensar em dias felizes, é consagrador.
Falar pra você Mãe é agradecer, é louvor,
É benção, sorriso, beijos, é difusor
De luz, ensinamentos, compreensão e fulgor.
E dizer do meu amor é purificador.
É devolução de dádivas, é multiplicador,
É perfume, é flor, é semear, é cultivador.
Receba cada palavra, pra eu me recompor
E buscá-la na imensidão como um viajor,
Pois estarei com você, seja onde for!
 
Claudia Schiavone (sua Preta)- 09/05/15
 Foto- Cássio Crestana
Claudia Schiavone
Enviado por Claudia Schiavone em 09/05/2015
Alterado em 09/05/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras