Claudia Schiavone

Essaúna, Cigana, Claudia... Muitas vidas, Infinitas palavras!

Meu Diário
18/10/2010 01h42
Diário... Que não é diário!
Ah, um diário que não é diário!
É mais um desabafo, quando as palavras não formam poemas, quando os pensamentos voam mais rápido que qualquer rima, quando você se encontra em um outro lugar, à sombra de uma outra árvore...
Como é bom ter um diário, mesmo que não seja diário...
Como é bom poder dizer o que na alma passeia...
Quando triste, acolhe minhas lágrimas; quando no reencontro do ser, acalma os meus sonhos e me leva na certeza da realização; quando só, torna-se a minha companhia!
Louvores à Deus por esta graça das palavras, por saber buscá-las e encontrá-las como um bálsamo, como um alento; por  poder emprestá-las como uma quimera!
Ah, diário, poemas, pensamentos... tudo como um banho em águas límpidas, deixando a alma transparecer!
Que minhas simples palavras (assim como para mim são) sejam reflexões, conforto... Que digam  sempre a verdade, o sentimento puro, a emoção!
Que as pessoas encontrem nelas o que buscaram, que sintam a energia que coloco em cada vírgula, que saibam a sutileza de cada retiscências...

Claudia

Publicado por Claudia Schiavone em 18/10/2010 às 01h42
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras